EDUCADORES

Promover um ambiente saudável e seguro em sala de aula é fundamental na redução do bullying escolar. Estudantes precisam ver e reconhecer que os professores, diretores e auxiliares são capazes de se importar e intervir na situação da violência em sua escola.

Vários casos de agressão ocorrem por falta da intervenção de professores e equipe pedagógica. Isso se dá não só pelo fato de não se importarem, mas por não terem um conhecimento amplo a respeito deste fenômeno e não saberem como intervir de forma eficaz.
Por este motivo, realizamos primeiramente a capacitação de todos os profissionais da área educacional, e todos que, de alguma forma, exercem função em um ambiente escolar, a fim de prepará-los para prevenir e combater o bullying em sua escola local, de forma prática e duradoura.

ALUNOS:

Com os alunos, o fenômeno bullying é abordado de forma realista, apresentando uma definição clara e correta do termo, que é constantemente citado de forma errônea pela mídia. Apresentamos resultados de pesquisas feitas no Brasil, mostrando a realidade do ambiente escolar brasileiro, depoimentos, quais as ações que podem ser compreendidas como bullying, o que o diferencia de outros tipos de violência e como juntos podemos solucionar este problema.

PAIS / RESPONSÁVEIS E COMUNIDADE:

Na maioria das vezes, pais e responsáveis percebem mudanças no comportamento de seus filhos, porém não conseguem identificar ou sequer suspeitam que seus filhos possam estar sofrendo ou cometendo bullying.

Com o passar do tempo, caso não haja intervenção, esse comportamento se fortalece e solidifica, comprometendo a aprendizagem e a formação de valores humanos como a tolerância, solidariedade e respeito às diferenças. É de extrema importância que os pais ou responsáveis saibam como identificar e o que fazer em casos de bullying.

Este momento é voltado para o ambiente familiar, onde realizamos uma palestra para todos os pais ou responsáveis, orientando e auxiliando no cuidado da saúde emocional e física de seus filhos. Visamos também prepará-los para lidar com fenômeno bullying num contexto comunitário, contribuindo assim para um ambiente escolar mais saudável para seus filhos de forma social, emocional, educacional e sociocultural.

Comments

comments